Blog

ETAPAS DE UMA OBRA – O QUE VEM PRIMEIRO?

ETAPAS DE UMA OBRA – O QUE VEM PRIMEIRO?

Depois de muitas dúvidas e perguntas recebidas por clientes e amigos, resolvi escrever um guia de etapas para reforma de uma obra. Um guia prático para sanar as dúvidas de vocês  do que vem primeiro : é o piso ou o forro, a bancada ou a marcenaria? Vou passar para vocês de acordo com minha experiência de trabalho, da minha vivência em obra. Vamos lá?!

1°) PROJETO ARQUITETÔNICO + RRT

Uma obra sem projeto, é uma obra com risco de imprevistos acontecerem, gastos excessivos e a sua conclusão pode demorar muito mais. O projeto realizado pelo arquiteto lhe ajudará no planejamento, na organização de todas as etapas da obra.  Antes de iniciar uma reforma, o seu condomínio ou administradora pedirá a RRT (Registro de Responsabilidade Técnica), que nada mais é do que um documento legal comprovando que o projeto arquitetônico possui um arquiteto responsável e com situação regular perante o Conselho de Arquitetura.

2°) DEMOLIÇÃO

O famoso quebra-quebra, remove-se tudo que será descartado e que não esteja de acordo com o novo projeto proposto para o espaço. Geralmente são: pisos, revestimentos, louças e paredes. São feitos os recortes dos pontos elétricos, iluminação, hidráulicos e ar condicionado.  Após a realização desses serviços, é retirado todo o entulho para manter a obra limpa.

3°) CIVIL E INFRA ESTRUTURA (elétrica, hidráulica, iluminação, ar condicionado)

Nessa etapa é realizada a construção de novas paredes e de todas as passagens de fios elétricos, iluminação, ar condicionado e encanamento hidráulico.

4°) ACABAMENTOS E FORRO DE GESSO

As paredes que foram construídas na etapa 3 e recortadas na etapa 2, são fechadas com massa ou gesso. Quando é feito o forro de gesso, deve-se lembrar de pedir ao gesseiro para deixar os fios de iluminação  debaixo do gesso e não acima. Facilitará o serviço do eletricista depois. Detalhe importante: nos ambientes que recebem revestimento, como por exemplo, cozinha e banheiros, o gesso será feito após a colocação do revestimento, obtendo assim um melhor acabamento com o gesso encontrando  o revestimento e não o contrário.

5°) PISO, REVESTIMENTO E PINTURA

Inicia-se a 1° demão de pintura, o revestimento das paredes, o acabamento do forro de gesso (seladora + massa + lixa) e colocação do piso. Importante: o piso é instalado nessa etapa, se for do tipo frio. Depois de concluída a instalação, limpa-se e cobre-se com lona para não correr o risco de ter algumas surpresas no final da obra, como manchas e riscos. Se o piso for vinílico ou de madeira, só será colocado depois da etapa 7. Pode-se chamar a marcenaria e marmoraria para conferir as medidas finais para a produção das pedras (soleiras, baguetes bancadas) e armários.

6°) MARMORARIA

Instalação das bancadas em pedras, nichos, soleiras, baguetes, etc.

7°) FURAÇÃO DO FORRO PARA ILUMINAÇÃO

O eletricista é chamado e realiza os recortes no gesso de acordo com o projeto luminotécnico e o tamanho das peças de luminárias. Nessa etapa não serão instaladas as luminárias, somente ao final da obra! Enquanto o eletricista realiza esse serviço, o pedreiro pode rejuntar os pisos e revestimentos e o pintor realiza a 2° demão de tinta nas paredes.

8°) MARCENARIA + ELETROS

Antes de iniciar a instalação da marcenaria, deve-se providenciar a entrega dos eletrodomésticos pois alguns podem ser embutidos na marcenaria. É o momento de chamar um encanador para instalar as louças e metais.

9°) PINTURA + RODAPÉ

Última demão de pintura e instalação dos rodapés. Deixa-se a instalação dos rodapés para o final, porque  também serão instalados em locais que terão a marcenaria. Dessa forma, o recorte e o acabamento do encontro dos materiais ficará muito melhor.

10°) ILUMINAÇÃO + FAXINA

Deve-se contratar uma empresa especializada em limpeza pós obra,  pois vale a pena o custo x benefício – não é no final da obra que você gostará de ter surpresas indesejadas. Chame o eletricista e peça para ele instalar as luminárias, de preferência, com as mãos bem limpas ou luvas.

Pronto! Fácil, não é?! É muita informação,  são muitos detalhes, mas tenho certeza se contar com a ajuda de um arquiteto e bons profissionais orientados por ele, você  terá muito menos problemas durante a obra e mais satisfação ao final dela.

 

Sobre a arquiteta

Marília Peixoto Olivetti, é formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Presbiteriana Mackenzie com curso de extensão nas Universidades, Escuela Politécnica de Cuenca e Facultad de Bellas Artes, na cidade de Cuenca, Espanha.
 
A arquiteta se destaca por inovar e oferecer soluções criativas e personalizadas de acordo com as necessidades e estilo de cada cliente, com foco na estética, funcionalidade e conforto, buscando sempre o equilíbrio entre esses três elementos. Acredita que projetar é realizar sonhos através da arte. 
 
Marília, defende que a arquitetura pode transformar e recriar o espaço, além de influenciar na vida de quem habita este espaço. É com esta atitude que ela procura chegar bem próximo as expectativas de cada cliente.

Endereço

Rua São José, 1317 - Bairro Alto - Piracicaba, SP - 13419-250

Telefone

(19) 98329-0246

Email

contato@mariliaolivettiarquitetura.com.br